fechar X
assine
Newsletter

Dicas para controlar a infestação dos tatuzinhos no jardim

Publicado em 24 de Oct de 2016 por Isadora Couto |COMENTE

Se estiverem em grande quantidade, os tatuzinhos podem se tornar uma praga no jardim. Confira as dicas e mantenha as suas plantas sempre protegidas



Texto Daniel Keny | Adaptação Isadora Couto | Foto Shutterstock 

Dicas para controlar a infestação dos tatuzinhos no jardim 

Dependendo das condições do ambiente, e até pela sua boa capacidade de defesa, o crustáceo pode se tornar uma praga, caso a população cresça em demasia. Nesse cenário, brotações, raízes e as folhas mais tenras podem ser danificadas. Espécies que exigem alta concentração de matéria orgânica no cultivo, como as orquídeas, estão mais sujeitas a infestação. Como possuem hábitos noturnos, os tatuzinhos dificilmente são avistados atacando alguma planta.

Saem à noite para se alimentar e se escondem no solo durante o dia. Chalib ensina como fazer o controle químico, caso haja infestação: "Com produtos de ação inseticida, preferencialmente à base de compostos naturais como rotenona e óleo de nim, faz-se o controle. Deve ser feita a pulverização nas folhas e aplicação abundante no solo próximo da região do colo da planta. Mas a melhor saída mesmo é prevenir. Adquira substratos de origem controlada, mantenha o solo bem drenado e observe a quantidade de irrigação, verificando sempre a saúde do solo. Isso dificulta o aparecimento de qualquer praga", conclui.


Revista Plantas Flores & Jardins | Ed.99 - Assine já e garanta 6 meses grátis de outro título

 


 
COMENTE