fechar X
assine
Newsletter

Como cultivar a camomila em casa

Publicado em 05 de Sep de 2016 por Isadora Couto |COMENTE

Popularmente conhecida como ingrediente para um chá calmante, a camomila combina perfume suave, valor ornamental e seus benefícios à saúde. Aproveite!



Texto Kênia Honda | Adaptação Isadora Couto | Foto Shutterstock 

Como cultivar a camomila em casa 

Quem nunca pensou ou ofereceu um chá de camomila ao ver alguém nervoso? A espécie (Matricaria chamomilla ou Chamaemelum nobile), além da função calmante, tem inúmeros benefícios à saúde, como auxílio na digestão e ação anti-inflamatória.

Apesar de popular, o cultivo da planta não é muito difundido no Brasil. "E, com o número pequeno de produtores, a disponibilidade de sementes selecionadas no mercado é menor", explica a mestre bióloga e paisagista Veridiana Noronha Vaccarelli.

Por outro lado, o plantio é simples, basta escolher uma área com boa incidência de sol, ter um solo fértil e atenção com as ervas daninhas, que devem ser removidas do local. Fungos e pragas como lesma, gafanhoto e pulgão podem aparecer durante o cultivo e, de acordo com Veridiana, a melhor forma de evitá-los é oferecendo bastante iluminação natural e regas para manter o solo úmido, sem encharcá-lo. A colheita é feita entre três e quatro meses após o plantio. "Retire as flores quando elas estiverem totalmente abertas e antes de murcharem para ter um maior poder terapêutico", finaliza a paisagista.

 

LUMINOSIDADE: Sol pleno.

SOLO: Fértil, fofo e bem drenado.

ÁGUA: Mantenha o solo úmido, mas não encharcado.

CRESCIMENTO: Atinge até um metro de altura.



Revista Plantas Flores & Jardins | Ed.105 - Assine já e garanta 6 meses grátis de outro título

 


 
COMENTE