fechar X
assine
Newsletter

Saiba mais sobre a topiaria

Publicado em 10 de Sep de 2016 por Isadora Couto |COMENTE

Técnica de poda capaz de transformar plantas em verdadeiras obras de arte, a topiaria exige paciência e atenção aos detalhes. Confira!



Texto Kênia Honda | Adaptação Isadora Couto | Foto Shutterstock 

Saiba mais sobre a topiaria 

Arbustos perfeitamente esculpidos, que transcendem as formas assimétricas da natureza e assumem contornos mais precisos e visualmente encantadores. Assim são as espécies trabalhadas com topiaria, uma técnica antiga usada até hoje, principalmente em jardins europeus e orientais. "Para ter uma ideia, os egípcios, romanos, gregos e persas já podavam os galhos dos arbustos para esculpi-los nos mais diversos formatos", comenta a paisagista Mônica Cipelli. No geral, a técnica é trabalhada de duas formas: com as trepadeiras ou os arbustos.

A primeira consiste em deixar a planta crescer em suportes do desenho escolhido, que normalmente é feito de arame ou tela e estacas. Já a segunda opção, o arbusto é podado no formato desejado. Ambas podem ser trabalhadas até em áreas pequenas, como terraços e varandas. "Nesses espaços, a topiaria também ajuda a controlar o porte da espécie, que pode estar em vaso ou plantada diretamente no chão", acrescenta Mônica. A arte de esculpir um arbusto começa quando a planta ainda é jovem e, segundo a paisagista, o processo é lento.

"Dependendo do molde escolhido, leva vários anos para termos as esculturas naturais bem formadas, mas o resultado vale a pena", opina. Um dos desafios apontados por Mônica é o fato de haver poucos cursos capazes de ensinar a podar o arbusto ou confeccionar o molde em que a trepadeira se desenvolve. Talvez por esse motivo não seja tão comum encontrarmos topiarias com formato de animais, objetos ou pessoas no Brasil. Normalmente, aquia técnica é vista em formatos arredondados, espirais ou cúbicos.

 

Revista Plantas Flores & Jardins | Ed.115 - Assine já e garanta 6 meses grátis de outro título

 


 
COMENTE