fechar X
assine
Newsletter

Formas de usar o bambu na decoração

Publicado em 10 de Aug de 2016 por Isadora Couto |COMENTE

Em espécie, na estrutura de ambientes, como cobertura, em divisórias, formando painéis ou como acabamentos. O bambu, em suas diversas versões, é um material construtivo milenar, que se tornou opção sustentável em inúmeras funcionalidades. Confira!



Texto Douglas Galan | Adaptação Isadora Couto | Foto Divulgação

Formas de usar o bambu na decoração 

Mossô, bambuzinho-de-jardim , bambu-orquídea, da sorte... As versões naturais do bambu são esguias, pouco volumosas e com folhas pontiagudas. Plantadas em terra ou em vasos, elas precisam de muita iluminação, no geral, caso contrário, atrofiam e não sobrevivem porém, as variedades requerem distintas quantias de luz. No entanto, se expostas da maneira correta, não demandam tanta manutenção, basta receber água na medida todos os tipos de bambus apreciam as regas. Com diferentes dinâmicas de reprodução, algumas espécies, como a de jardim, se reproduzem rapidamente, já o tipo orquídea tem a peculiaridade de exibir no término de suas hastes uma linda flor.

 

Mas não é só ao natural que os bambus fazem sucesso em projetos paisagísticos. Como estrutura eles podem dar origem a pergolados, divisórias ou coberturas. Os bambus mais usados para esse fim são o gigante (Dendrocalamus giganteus) e canada-índia (Phyllostachys aurea), ambos grandes. Nessas versões, precisam ser secos e passar por tratamentos, como a aplicação de vernizes e hidrofugantes. Revestimentos de bambus pré fabricados também estão à disposição no mercado de acabamentos, nesse caso, já vêm prontos para aplicação, com proteção e garantias.

 

 



Revista Plantas Flores & Jardins | Ed.108 - Assine já e garanta 6 meses grátis de outro título


 
COMENTE