fechar X
assine
Newsletter

Como cultivar a rosa-do-deserto

Publicado em 13 de Sep de 2016 por Isadora Couto |COMENTE

Espécie suculenta com uma floração exuberante, a rosa-do-deserto chama ainda mais atenção pelas raízes grossas. Confira!



Texto Kênia Honda | Adaptação Isadora Couto | Foto Shutterstock

Como cultivar a rosa-do-deserto 

Com aparência única, a rosa-do-deserto (Adeniumobesum) desperta a atenção das pessoas graças ao seu aspecto escultural, somado a uma rica e florescência."Esse formato torna cada exemplar exclusivo e a aplicação é feita tanto em vasos, decorando ambientes, comoem meio ao jardim, compondo projetos paisagísticos",comenta o engenheiro agrônomo Marcello Santero, da Produquímica. A planta suculenta tem a base mais grossa justamente para acumular água e nutrientes, uma adaptação da natureza para a sobrevivência da planta em locais áridos.

 

No cultivo, a rosa-do-deserto tem a vantagem de se adaptar em todo o Brasil. "Mas, vale lembrar, ela não tolera frio intenso e gosta de ambientes quentes e úmidos. Por isso, o ideal é mantê-la em ambiente externo com incidência de pelo menos cinco horas direta de sol", aconselha Marcello. Além disso,para a composição do solo, o mais indicado é misturar uma parte de substrato e outra de areia. "O resultado é uma base bem drenada para não acumular água e, consequentemente, favorecer o desenvolvimento das raízes", ressalta o engenheiro agrônomo.

 

 

LUMINOSIDADE: Pleno sol.

SOLO: Bem drenado e rico em matéria orgânica.

ÁGUA: Mantenha o solo úmido, mas nunca encharcado.

CRESCIMENTO: Atinge entre 30 e 40 cm de altura.



Revista Plantas Flores & Jardins | Ed.106 - Assine já e garanta 6 meses grátis de outro título

 


 
COMENTE